Polícia Civil realiza 2ª Fase da Operação “Tanque Cheio” em Santa Luzia

A Polícia Civil de Santa Luzia D’Oeste deflagrou na última segunda-feira (04/12), a 2ª Fase da “Operação Tanque Cheio”. Na ocasião, foi cumprida pela Polícia Civil a decisão judicial de suspensão do exercício de função pública da servidora Edna Maria de Souza, que ocupava o cargo de Diretora de Controle de Veículos e Combustíveis da Secretaria de Administração, na Prefeitura de Alto Alegre dos Parecis.

De acordo com a decisão judicial a servidora foi afastada de suas funções pelo período de 60 dias, bem como proibida de manter contato com as testemunhas que já foram ouvidas no curso do Inquérito Policial da Operação Tanque Cheio.

Relembre a “Operação Tanque Cheio”

A investigação da Operação Tanque Cheio iniciou após uma denúncia de que estariam ocorrendo abastecimentos irregulares, em que particulares e servidores abasteciam seus veículos e no momento de efetuar o pagamento utilizavam a placa de veículos públicos de várias Secretarias Municipais.

A primeira fase da Operação ocorreu no dia 18 (dezoito) do mês passado, quando cerca de 40 (quarenta) policiais civis cumpriram mandados de busca e apreensão na Prefeitura Municipal, Secretarias Municipais, residências e estabelecimento comerciais.

Durante as investigações os policiais constaram que muitos veículos utilizados para o esquema criminoso estavam parados, ou seja, sem condições de uso há aproximadamente 02 (dois) anos na garagem da Prefeitura Municipal e seguiam sendo abastecidos, citando o exemplo do veículo da marca Chevrolet, modelo CELTA, de placas NCI 9511 da Secretaria de Agricultura que foi abastecido 48 (quarenta e oito) vezes no período de Setembro de 2015 à Setembro de 2016.

As investigações apontaram ainda, que os suspeitos utilizavam também o abastecimento em galões e sempre que os abastecimentos ocorriam era para completar o tanque de seus veículos ou encher os galões em sua totalidade, fato que denominou o nome da operação: “Tanque Cheio”.