Porto Velho: Central de Flagrantes atende 93 ocorrências no fim de semana

No período compreendido entre a manhã da última sexta-feira (12.08) até madrugada de segunda-feira (15.08), a Polícia Civil em Porto Velho, registrou 93 ocorrências policiais com conduzidos, através da Central de Flagrantes, cuja Delegacia também é conhecida como Central de Polícia ou Plantão de Polícia.

Dessas ocorrências, resultou a lavratura de 47 autos de prisão em flagrante, de 02 autos de apreensão por ato infracional (adolescente em conflito com a lei), e de 09 termos circunstanciados (crimes de menor potencial ofensivo).

Os atendimentos também produziram 25 encaminhamentos aos distritos policiais e delegacias especializadas, 07 procedimentos à Polinter, 06 procedimentos ao DEAAI para diligências de sua atribuição.

Entre os autos de prisão em flagrante, 55% foram de embriaguez na direção (26 casos), e 21% de crimes patrimoniais (10 casos, sendo 03 roubos consumados, 01 roubo tentado, 03 furtos consumados e 03 receptação).

Também foram atendidos 05 casos de violência doméstica, representando 10% dos flagrantes. Porte de arma de fogo com (03 casos), tráfico de entorpecente com (02 casos), homicídio e ocultação de cadáver (01 caso) e estupro de vulnerável (01 caso), completam a lista de flagrantes.

Os atendimentos pela Central de Flagrantes decorrem das ações de policiamento ostensivo- preventivo e repressivo, realizado principalmente pelas polícias militar, rodoviária federal e civil, em parceria com órgãos de trânsito, em ações ordinárias ou especiais planejadas, onde são conduzidos até a autoridade policial, pessoas detidas com a suspeita de recém terem praticado o delito ou que tenha mandado de prisão em aberto.

Na Polícia Civil a definição de quais procedimentos serão adotados para cada caso decorrem de análise jurídica do Delegado de Polícia, segundo os elementos de convicção apresentados e em conformidade com a legislação material (que definem os crimes) e processual (que definem condições para efetivação da lavratura de prisão em flagrante, arbitramento de fiança, lavratura do termo circunstanciado etc), representando segurança jurídica e garantia aos direitos fundamentais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *