Posto de Identificação para confecção de Carteira de Identidade é inaugurado em Ariquemes

Na última sexta feira (03) foi inaugurado em Ariquemes o Posto de identificação para a confecção da carteira de identidade. A estrutura que foi montada na Avenida Juscelino Kubitschek, antiga sede do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), faz parte de um convênio entre a Prefeitura Municipal de Ariquemes e o Instituto de Identificação Civil e Criminal da Polícia civil.

A novidade vai resolver um problema que afeta centenas de pessoas de Ariquemes e região, que é a demora na emissão do RG, documento indispensável para o cidadão.
Atualmente o serviço é realizado numa pequena sala em anexo a Delegacia Regional e demora em média 180 dias para chegar até as mãos do requerente. Com a inauguração do posto de identificação, esse prazo deve cair para no máximo 20 ou 40 dias. Segundo o Prefeito Thiago Flores, a demanda do serviço é grande, já que atende a toda a região do vale do Jamari. “Hoje nós estamos ampliando o posto de identificação, com 03 guichês num ambiente propicio. A estrutura que foi disponibilizada é melhor para o atendimento ao público. Nósn queremos levar dignidade e cidadania para a população de Ariquemes e de outros municípios da região”.

Servidores do município passaram por cursos de treinamento em Porto Velho para realizar o atendimento ao público. A princípio 20 senhas diárias vão ser disponibilizadas aos usuários, mas já esta em andamento a criação de um sistema no portal da prefeitura para os agendamentos online.

Para o Diretor do IICC Júlio Kasper, esta é uma junção de esforços importante entre a Prefeitura e a Polícia Civil. Os serviços serão distribuídos, o que vai proporcionar agilidade na confecção do documento. “ Essa atividade continua sendo da Polícia Civil, a parte técnica que é a individualização da pessoa por meio do processo datiloscópico e a finalização do documento, continuara sendo realizado em Porto Velho pelos nossos profissionais, para garantir a segurança do documento.” Afirmou Kasper.

No primeiro dia de atendimento, a Pedagoga Elaine Cristina Pontes, trouxe o filho de 14 anos para fazer a carteira de identidade. “Era muito difícil tirar identidade, a fila e o tempo de espera era muito grande. É um documento obrigatório e quanto mais rápido a gente conseguir, melhor! Estamos satiesfeitos”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *