Polícia Civil elucida homicídio contra idoso realizado no interior

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio da Delegacia de Buritis, elucidou o crime de homicídio contra o idoso Emiliano Mendes da Silva, conhecido por “Fariseu” que foi cruelmente executado a pauladas no dia 04/12/2016.

Segundo o Delegado da Polícia Civil, Fred Matos, os investigadores iniciaram o trabalho em dezembro de 2016 e conseguiram reunir elementos para apontar os autores do crime como sendo Samuel Garcia Brasil, popularmente conhecido como “João Balaio” e Anderson Ribeiro Graciano.

De acordo com informações Policiais, a motivação do crime seria a subtração de dinheiro da vítima, que costumava andar com muito dinheiro no bolso e em sua residência. Diante destas informações, os suspeitos foram até a residência da vítima e lá o mataram cruelmente a pauladas com o intuito de lhe subtrair o suposto dinheiro.

A Polícia Civil conduziu o acusado Anderson Ribeiro Graciano, até delegacia para interrogatório e na oportunidade, o acusado acabou confessando o crime. O segundo suspeito Samuel foi morto pouco tempo após o latrocínio e seu caso, ainda está sendo apurada. Vale ressaltar que a Polícia Civil já representou pedido pela prisão de Anderson Ribeiro Graciano.

Entenda o caso

Na noite de domingo (04/12/2016), a guarnição da polícia militar foi acionada para atender uma ocorrência na Rua Cacaulândia, setor 02, que se tratava de um possível latrocínio. Chegando ao local à guarnição encontrou o senhor Emiliano Mendes da Silva (Popular Fariseu) de 82 anos já sem vida. O mesmo teve a casa invadida por dois suspeitos enquanto dormia.                Os vizinhos ouviram um barulho seguido de gritos vindo da casa da vítima. A perícia compareceu no local bem como o GHOST – Grupamento de Homicídios e Operações Táticas da Polícia Civil de Buritis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *