Polícia Civil prende suspeito de atirar em empresário em tentativa de assalto em Vilhena

A Polícia Civil de Vilhena prendeu no início da noite desta terça-feira (15/08), José Vitor Oliveira da Silva, vulgo “Porto Velho”, suspeito de ter realizado a tentativa de assalto contra o empresário Edson Juliano Corbari Nunes, proprietário do mercado “SuperMais”, em Vilhena. Após o trabalho estratégico da Polícia Civil de Vilhena em divulgar nos veículos de comunicação do Estado a imagem do suspeito de ter realizado a prática criminosa, a Polícia Civil recebeu informação anônima de que o acusado estava escondido em uma residência no bairro Belenzinho.

Uma equipe da Polícia Civil se deslocou até o endereço citado e efetuou a prisão do suspeito. Na oportunidade, o acusado ainda tentou fugir e se mostrou bastante agressivo. De acordo com informações policiais, José Vitor Oliveira da Silva, vulgo “Porto Velho”, confessou a tentativa de assalto ao proprietário do mercado “SuperMai”, revelando inclusive ter realizado quatro disparos, mas segundo ele, a arma falhou nas duas últimas vezes que apertou o gatilho.

“Porto Velho” como é conhecido na região de Vilhena, ainda confessou ter promovido o assalto ao Mercado e Panificadora Palácio do Pão, ocorrido no fim da semana passada e o furto da motocicleta usada em ambos os crimes, que foi realizado no município de Cabixi.

Vale ressaltar que o acusado, quando praticou os delitos acima citado, já cumpria pena por diversos outros crimes e estava no regime semiaberto utilizando tornozeleira eletrônica. Contudo, já era considerado foragido da Justiça, quando rompeu o aparelho de monitoramento.

José Vitor foi conduzido até a Delegacia em Vilhena para os procedimentos legais e, em seguida, foi encaminhado ao Centro de Ressocialização Cone Sul, onde aguardará a manifestação da Justiça. Em seu depoimento, o acusado afirmou ainda ser integrante da facção criminosa PCC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *