Polícia Civil prende maior assaltante de veículos do município de Porto Velho

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio da Delegacia Especializada em Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), prendeu nesta sexta-feira (18/08), Rodrigo Noya Bezerra, acusado de ser o maior assaltante de veículos do município de Porto Velho. Ele é suspeito de ter realizado nos últimos seis meses o roubo de várias caminhonetes, principalmente do tipo Hilux e Toro. Os veículos adquiridos de forma ilícita eram moeda de troca no país vizinho, a Bolívia, fortalecendo a comercialização de drogas em nossa região.

De acordo com a Polícia, em diligencias realizadas no Bairro Mariana, foi possível identificar uma residência que servia como ponto de comercialização de entorpecentes e lá foi encontrado um veículo Fiat Palio, cor vermelha, com placas adulteradas, com restrição de roubo. Na residência estavam Rodrigo Noya e Quetlen Josiane Roque Ferreira, que foram presos durante a abordagem policial. Quetlen Josiane assumiu a posse do veículo Palio que registra ter sido roubado há alguns meses.

A residência foi revistada pela equipe policial que ainda encontrou aproximadamente meio quilo de maconha, vários objetos de procedência duvidosa, várias placas de veículos que serviriam para adulterar os roubados e estes, seriam transformados em “dublê”.

A operação que resultou na prisão de Rodrigo Noya, considerado um criminoso violento e bastante agressivo com as vítimas, foi conduzida pelos Delegados da Polícia Civil Alessandro Morey e Glauco de Paula e aconteceu na Zona Leste desta Capital.

Ainda durante a ação policial, em diligência no mesmo local, foi preso Henrique Bruno Oliveira da Silva, foragido do sistema prisional e suspeito pela prática do crime de tráfico de drogas. Outros três suspeitos também foram abordados e conduzidos à Delegacia Especializada, uma vez que estavam no local adquirindo entorpecentes comercializados por Quetlen Josiane.

O Delegado da Polícia Civil, Alessandro Morey, solicita que a vítimas de roubos nos últimos meses compareçam na Delegacia Especializada para realizar o reconhecimento de Rodrigo Noya e a participação dele em mais atos criminosos.”É importante a colaboração da população neste momento para que o acusado responda por todos os atos praticados em nossa região”, explica o Delegado.

O Delegado da Polícia Civil, Glauco de Paula, revela que Rodrigo Noya comandava as ações criminosas. “O acusado é perigoso, durante sua trajetória na criminalidade, atraiu e manipulou várias pessoas a realizarem a prática do crime de roubo, sempre com muita violência em suas ações”, disse Glauco.

A Polícia Civil do Estado de Rondônia disponibiliza o número 197 para todo cidadão que deseja realizar denúncias sobre quaisquer prática criminosa. Vale ressaltar que a denúncia pode ser realizada de forma anônima e sigilosa.

A publicação das imagens dos acusados se faz necessário para que outras vítimas identifique e denuncie demais crimes que estes possam ter realizados.