JI-PARANÁ: PC PRENDE EX-POLICIAIS CIVIS

Polícia Civil de Ji-Paraná prende dois ex-policiais civis de Rondônia.

Nesta quarta-feira (14/05) a Polícia Civil de Ji-Paraná prendeu dois ex-policiais civis, são eles Lauro P.S., acusado pelo crime de peculato, e Clodomir M.P., suspeito de homicídio.

Lauro trabalhou como escrivão na Polícia Civil daquele município, e estava sendo investigado por apropriação indevida de fianças pagas na delegacia. Após levantamentos de materialidade do crime e diante de razoáveis indícios de autoria, a autoridade policial representou pela prisão cautelar do suspeito, a qual foi deferida pelo Juízo competente e cumprida pelos policiais da 1ª Delegacia.

Clodomir, policial demitido no mês de abril do corrente ano, foi preso nesta quarta-feira em Porto Velho por policiais civis da 2ª Delegacia de Ji-Paraná, sendo conduzido àquele ao presídio daquele município, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Segundo apurou-se, um suposto membro do PCC, identificado como Moacyr Franklin Garcia, foi morto em uma emboscada na BR 364 no dia 17 de março de 2014, sendo que o ex-policial Clodomir aparece como principal suspeito do crime. Diante dos elementos de convicção colhidos, o delegado Cristiano Mattos representou pela prisão cautelar do mesmo, que foi de pronto deferida pelo Judiciário.
Clodomir havia sido demitido da instituição, mas retornou por força de liminar. No mês passado a demissão tornou-se definitiva.  As investigações prosseguirão, pois há suspeitas de que no dia do crime o acusado tenha se apossado de uma grande quantia em dinheiro.

Essas ações da Polícia Civil demonstram à população a lisura e transparência da instituição. O Delegado Geral, Pedro Mancebo, informou que todo e qualquer policial está sujeito aos rigores da lei, e que todos os servidores, sem distinção, devem primar pela estrita observância dos ditames da legalidade, honestidade, probidade e todos os princípios que regem a Administração Pública.

Fonte: ASCOM/PC

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *