PIMENTA BUENO: 100% DOS CRIMES ESCLARECIDOS

A Polícia Civil de Pimenta Bueno resolveu nos últimos quatro anos todos os 42 homicídios e latrocínios que ocorreram naquela cidade

No último dia 22, policiais civis de Pimenta Bueno prenderam em uma fazenda de Corumbiara o nacional Marcos Aparecido Vieira, suspeito de ter praticado um latrocínio (roubo seguido de morte) no distrito de Urucumacuã. A vítima foi morta a bala em um barraco em que residia sozinho com sua própria espingarda no início de julho deste ano. De certo o criminoso achou que havia se livrado impune, pois não tinha testemunhas no local e ele estava somente de passagem pela região. Mas não foi bem isso que ocorreu. Através das impressões digitais deixadas na espingarda a polícia civil conseguiu identificá-lo e depois prendê-lo.
Esse foi apenas mais um dos diversos casos que a Polícia Civil de Pimenta Bueno investigou com sucesso. Desde janeiro de 2010 nenhum crime de homicídio ou latrocínio ficou sem esclarecimento. A delegacia atende também os municípios de Primavera de Rondônia e São Felipe D’oeste, com total de mais de 50.000 habitantes.
O Delegado Arismar Araujo, que tem 25 anos de experiência policial e está há 10 no comando da Delegacia, disse que os crimes contra a vida têm tratamento prioritário e que sua equipe emprega a técnica policial de forma objetiva para conseguir esses resultados. “Equívocos no início de uma investigação podem resultar em um crime sem autoria”, disse, afirmando que as primeiras horas após o delito são as mais importantes da investigação e que por isso sempre emprega todo o efetivo nessa fase.
Outro fator que contribui para esses excelentes índices, segundo o próprio delegado, é a interação e confiança que a polícia civil tem com a população. “Aqui as pessoas não se eximem do dever legal de depor, de denunciar, pois conhecem os policiais, sabem que as informações prestadas serão tratadas de forma profissional”, disse.
O Dr. Juarez Lourenço, Delegado Adjunto, acrescentou que não há garantias da resolução dos delitos, o que a Polícia Civil de Pimenta Bueno assegura é que os crimes serão investigados com o maior empenho possível.
O Chefe do Sevic, Policial Vidal Vez, alertou para o fato de que dos oito latrocínios ocorridos na circunscrição, quatro tiveram como vítimas pessoas idosas que residiam sozinhos. Ele disse que os criminosos optam por esse tipo de vítima por oferecerem menor resistência.
A Direção Geral de Polícia Civil reconhece o excelente trabalho que vem sendo realizado pela delegacia de Pimenta Bueno, fruto do comprometimento de todos os servidores ali lotados, que não vêm medindo esforços para proporcionar mais segurança à população local.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *