Ouro Preto do Oeste: Polícia Civil conclui inquérito sobre abuso sexual de adolescentes e um dos indiciados é preso.

A Polícia Civil em Ouro Preto do Oeste concluiu na terça-feira, 10.05, o inquérito policial que apurava o abuso sexual de duas adolescentes, ocorrido na madrugada do dia 13 de abril, em um dos motéis da cidade.

 

O relatório das autoridades policiais indica ter ocorrido conjunção carnal e fornecimento de bebida alcoólica às adolescentes. Ambas as vítimas tinham 13 anos na data dos fatos e uma delas perdeu a virgindade naquela relação. Foram indiciados dois homens, o estudante C.P. J., 20 anos, e o P.T., 41 anos.

 

Os investigados já estavam cumprindo medida cautelar (monitoramento por tornozeleira eletrônica), e estavam impedidos de aproximarem-se das residências de vítimas e testemunhas. No entanto, foi apurado que o investigado P.T. teria descumprido a determinação judicial e permanecido na área de exclusão (distância proibida).

 

O promotor de justiça, Dr. Tiago Cadore, responsável pela ação penal representou ao juízo da 1ª Vara Criminal pela conversão da medida em prisão preventiva, sendo deferida a ordem de prisão pelo juiz de direito, Dr. Haruo Mizusaki e a Polícia Civil deu cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de P.T.

 

Os  Delegados de Polícia, Dr. Júlio Cesar e Roberto dos Santos informaram que os investigados foram indiciados pelos crimes de estupro de vulnerável (art. 217-A do Código Penal), duas vezes, e ainda pelo crime de fornecimento de bebida alcoólica à adolescente (Art. 243 do ECA), também duas vezes.

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *