Delegado-Geral da Polícia Civil participa da entrega de veículos no Comando Geral da PM

Por intermédio da Secretaria de Estado da Segurança Pública, Defesa e Cidadania (Sesdec), o governo de Rondônia entregou às polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, na tarde desta quarta-feira (21), 15 novos veículos que deverão incrementar as ações de segurança das corporações que compõem as forças de segurança, na capital, e várias  cidades do interior. O ato de entrega ocorreu na sede do Comando Geral da Polícia Militar. O vice-governador, Daniel Pereira, representou o governador Confúcio Moura. Foram entregues, também, à Polícia Militar, com recursos próprios, armamentos e munições: 73 carabinas 556; 35 pistolas ponto 40; rádios comunicação HT e 100 coletes a prova de balas.

As viaturas foram doadas pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp,) como contrapartida a atuação do efetivo de cerca de 150 policiais militares, bombeiros e civis disponibilizados para a Força Nacional de Segurança, antes e durante a Olimpíada Rio 2016. Para os jogos olímpicos, o projeto original da Senasp solicitava 100 policiais, porém a medida em o evento ocorria, novos profissionais foram enviados, disse o secretário adjunto de Segurança Pública, em exercício, Luiz Roberto de Mattos.

No ato de entrega, Luiz Roberto esclareceu que a maior quantidade de viaturas (11) foram para a Polícia Militar, proporcional ao número, maior, de efetivo PM disponibilizado para o Rio 2016. Dos 15 veículos, 11 são caminhonetes de grande porte e três carros pequenos, tipo passeio. Além das viaturas entregues ontem, o pacote contempla a Sesdec com um micro-ônibus que chega essa semana.

“A olimpíada foi lograda de êxito e não teve nenhuma ocorrência digna de registro”, disse Mattos. Ele lembrou que o recebimento dessas viaturas é parte do legado deixado pelos jogos.

“Nossos agradecimentos a todos os policiais de Rondônia que trabalham na Força Nacional à época, bem como os que permaneceram no Estado. Os policiais que ficaram, com muito esforço, cobriram a ausência dos colegas que receberam a missão de estarem na olimpíada” disse.

O vice-governador Daniel Pereira agradeceu a cada uma das pessoas, que ao longo do ano de 2016, trabalharam pela segurança pública do Estado.  Falou também da crise econômica que o Brasil atravessa. Disse que “apesar de  todo vendaval pelo qual este pais está passando, que a gente consiga manter o Estado de Rondônia no rumo certo, garantindo a todos, o que é seu por direito e, principalmente, a segurança”.

Sobre a aquisição das viaturas, o vice-governador enfatizou que “é algo que todo mundo sai ganhando”. Rondônia ajudou a oferecer segurança à população do mundo todo que participou do que o vice-governador denominou de “maior evento esportivo do planeta”.  O efetivo de segurança de Rondônia que lá esteve, deve encarar o feito, como “oportunidade de trabalhar em grandes eventos trazer isso na bagagem”. Colocar em prática todo o conhecimento adquirido durante os jogos.

Com as viaturas cedidas pela Senasp, as forças de segurança de Rondônia, de modo integrado, como é a proposta do governador Confúcio Moura, desencadeia a possibilidade melhoria nos serviços prestados as comunidades, disse o comandante Geral da Polícia Militar  do Estado de Rondônia, Ênedy Dias.  Para o coronel, viaturas e novos equipamentos como rádios, armas dentre outros, farão com que a população em geral se beneficie do resultado que se espera.

“Os policiais terão melhores condições de trabalho para execução dos serviços essenciais no policiamento ostensivo e também no enfrentamento, quando necessário”. A experiência diferenciada adquirida em outros estados da federação faz deles, policiais mais treinados, com uma visão de segurança pública desenvolvidas de outro ponto de vista. Enfatizou Ênedy.

De acordo com o Delegado-Geral da Polícia Civil, Dr. Eliseu Muller, a parceria da Polícia Civil com o Governo Federal fortalece as instituições que atuam no segmento da segurança pública. “Esta parceria possibilita a capacitação dos policiais que são disponibilizado ao Governo Federal, neste caso para a Força Nacional, além de garantir a contra-partida da doação de equipamentos como armas, coletes, munições e veículos que são utilizados no dia-a-dia pelos policiais contribuindo assim para o desenvolvimento da instituição”, comenta o Delegado.

Texto: Valdir Alves/SESDEC-RO

Imagens: Ascom PC/RO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *