PF e PC realizam “Operação Êxodo 22” e desarticulam quadrilha que praticava furtos e roubos em Guajará

Na manhã da última sexta-feira (20/01), a Policia Federal em conjunto com a Polícia Civil do Estado de Rondônia realizaram a “Operação Êxodo 22”. Munidos de ordem judicial, acompanhados de mandados de prisão preventiva e busca apreensão se dirigiram ao Bairro Triangulo, no município de Guajará-Mirim e desarticularam uma quadrilha que praticava furtos e roubos na região, assim como, recuperaram vários objetos.

De acordo com o Delegado Titular da Policia Civil em Guajará-mirim, Dr. Lawrence Lachi,  após o furto de cinco motocicletas realizado em um deposito secundário da Policia Federal, iniciaram-se as investigações da PF com o apoio da Polícia Civil e da Agência Fluvial de Guajará-Mirim. No mesmo dia em que se iniciou o trabalho investigativo, alguns envolvidos no crime foram identificados, assim como, foram apreendidos 5.000 litros de combustível, 2 kg de cocaína, pacotes de cigarro, 12 motores, Cd e DVD, carros e motos, bicicletas, frascos de baterias e demais produtos encontrados durante as ações investigativas.

As investigações continuaram e nesta sexta-feira (20/01), foi realizado o cumprimento de 12 mandados de prisão preventiva, sendo que oito pessoas foram presas e, quatro já se encontravam na casa de detenção masculina de Guajará-Mirim. Foram cumpridos ainda 06 mandados de busca e apreensão durante a Operação, sendo apreendido um carro, uma motocicleta e bens diversos.

Lawrence Lachi, Delegado da Polícia Civil, disse ainda que o trabalho em conjunto das Policias Federal e Civil e de outros órgãos de segurança vai continuar no sentido de dar mais segurança e tranqüilidade à população da região. “A união de forças do bem dentro do segmento da Segurança Pública propicia resultados positivos para o setor e conseqüentemente para a população residente na região”, comenta o Delegado.

A organização criminosa praticava furtos e roubos na região e encaminhava os produtos do crime para a Bolívia, país que faz fronteira com o município de Guajará-Mirim e, como pagamento recebiam entorpecentes que era comercializado na região. Contudo, com o trabalho conjunto da Polícia, parte da quadrilha foi desarticulada.

Nesta Operação, participaram 35 policiais, seis Delegados entre eles Federais e Civis, além do apoio da Marinha do Brasil/Agência Fluvial de Guajará-Mirim.

Fonte: ASCOM/PCRO

Imagens: portalguajará.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *