Ação conjunta da Polícia Civil e PRF apreende 180 kg de cocaína no município de Vilhena

A Polícia Civil do Estado de Rondônia por meio do Departamento de Narcóticos (Denarc) em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 180 kg de cloridrato de cocaína na noite da última sexta-feira (20/01). A droga foi encontrada em um fundo falso de um veículo tipo VAN, de cor prata, placa NEE 7825 abordado pela PRF no Km 16 da BR 364, em Vilhena.

Durante a abordagem, os suspeitos apresentaram certo nervosismo e prestaram informações desencontradas sobre suas respectivas origens, destino e ocupação profissional, sendo realizada revista ao veículo e encontrados dois fundos falsos, onde estavam acondicionados a quantidade de droga citada acima. O material estava fracionado em tabletes pesando cerca de um quilo cada um. Foram apreendidos ainda pelos policiais quatro aparelhos celulares e a quantia de R$ 3.566,00 em espécie.

O veículo era conduzida por Douglas Rai de Souza da Rocha, 29 anos, e tinha como passageiros José Zéranir Rabelo, 74 anos, e Eric José Lopes Rodrigues da Rocha,  32 anos. Todos foram conduzidos até a Delegacia e quando foram questionados sobre a procedência dos entorpecentes, o acusado José Zéranir assumiu ser o proprietário da VAN e dos entorpecentes transportados, informando que entregou seu veículo para uma pessoa da qual não se recordava o nome na cidade de Porto Velho/RO e este foi até a cidade de Guajará-Mirim onde preparou o veículo para o transporte da  cocaína tendo retornado dias depois com a VAN até a Capital e entregue a José Zéranir. Para realizar o transporte do veículo com as drogas até cidade de Fortaleza, no estado do Ceará, José Zéranir receberia a quantia de R$ 25 mil em espécie.

Marcelo Cozac, Delegado da Polícia Civil do Estado de Rondônia, lotado no Departamento de Narcóticos (Denarc) da Capital, revela que as investigações sobre este grupo que operava na distribuição de drogas para o país inteiro iniciou há alguns meses. “O grupo estava sendo monitorado pelo investigadores de Porto Velho e, com o apoio da PRF e colegas da Polícia Civil em Vilhena conseguimos realizar essa apreensão”, comenta o Delegado.

O Delegado Regional da Polícia Civil em Vilhena, Dr. Fábio Campos, disse que o valor total de droga apreendida pode chegar a 9 milhões de reais. “Somos uma região de fronteira considerados um corredor para a prática de vários tipos de crime, mas a Polícia em todas as esferas esta atenta e conseguiu mais uma vez realizar um belo trabalho realizando a apreensão dos entorpecentes que abasteceria cidades do Nordeste”, disse o Fábio.

O Dr. Ronicir Manfroi, Delegado da Polícia Civil do Denarc em Porto Velho, explica que o trabalho em prol da segurança pública precisa ser conjunto, por isso os resultados são positivos. “Com o apoio da PRF e dos policiais civis de Vilhena, após todo monitoramento realizado pelos investigadores da Capital e, com a troca de informações entre os órgãos e os policiais de ambas as policias foi possível realizar esta apreensão”, revela Dr. Ronicir.

Diante dos fatos, todos os três ocupantes do veículo foram presos em flagrante pelo Tráfico de Drogas, previsto no Artigo 33 do Código Penal, bem como pelo crime de Associação ao Tráfico, previsto nos Artigos 35 do Código Penal. Assim como foram apreendidos os entorpecentes, o dinheiro e demais objetos.

Vale ressaltar que a investigação sobre este caso foi realizada pelo Departamento de Narcóticos (Denarc) da Capital e contou com o apoio da PRF na abordagem e demais procedimentos dos policiais civis de Vilhena/RO.

Fonte: ASCOM/PCRO com informações do rotapolicialnews

Imagens: rotapolicialnews/extrarondonia/rondoniaovivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *