Servidores do IICC recebem disciplina “Perícia Papiloscópica em Local de Crime”

Os profissionais de Perícia Papiloscópica do Instituto de Identificação Civil e Criminal da Polícia Civil (IICC) tiveram aulas de aperfeiçoamento relacionadas às técnicas e métodos periciais papiloscópicos voltados à atuação em locais de crime e laboratório, no período de 15 a 17/03. Nesta disciplina, que é uma das principais etapas do I Curso de Aperfeiçoamento para os Datiloscopistas Policiais da Policia Civil de Rondônia, que vem acontecendo nas últimas semanas na Acadepol, o foco é a coleta de vestígios papilares em objetos e cenas de crime, auxiliando as Autoridades Policiais com provas robustas na área da identificação. Isso possibilita às Autoridades Policiais a identificação da Autoria delitiva de forma mais célere e segura.

De acordo com o Diretor do (IICC) e facilitador nesta disciplina, Júlio Kasper, o conteúdo desta disciplina “permite o nivelamento dos profissionais que já atuam na área, pois além da parte teórica e prática, da atualização e experimentação de novas técnicas, há ainda a troca de experiências e discussões entre os servidores antigos e novos através de relatos de casos concretos, o que enriquece ainda mais o aprendizado”, explica Júlio.

Vale ressaltar que nesta etapa, participaram desta disciplina os profissionais da Capital, além de Datiloscopistas Policiais de Ariquemes e Guajará-Mirim. Ao todo, o “I Curso de Aperfeiçoamento para os Datiloscopistas Policiais” terá carga horária de mais de 130 horas, incluindo disciplinas como: Armamento e Tiro, Defesa Pessoal, Método Giraldi, Direção Defensiva e Práticas Operacionais, além das disciplinas especificas.