Polícia Civil e PRF desarticulam associação criminosa acusada de praticar roubo na Capital

A Polícia Civil do Estado de Rondônia em ação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), desarticulou na madrugada de domingo (22/10),  uma associação criminosa acusada de praticar o crime de roubo mediante o uso de arma de fogo e restrição de liberdade da vítima. De acordo com informações policiais, após praticarem o roubo de uma camionete S-10, o grupo criminoso amarrou a vítima em um formigueiro na estrada do Anel Viário (que liga a BR-364 à Estrada da Penal), no município de Porto Velho. A vítima, um médico, conduzia uma camionete modelo S-10 quando foi abordada pelos acusados no momento em que saía de um condomínio, localizado na Avenida 7 de Setembro com Guanabara.

A Polícia revela ainda que os criminosos foram violentos na abordagem a vítima. Durante ação, parte do grupo seguiu para a estrada do Anel Viário, deixando a vítima amarrada em cima de um formigueiro a, outra parte do bando seguiu pela BR-364 em direção a Nova Mamoré com a camionete S-10, sendo que um Gol dava a cobertura na viagem. Contudo, os patrulheiros rodoviários abordou o nacional Jailson Moraes de Oliveira que conduzia o veículo Gol. Ele estava acompanhado de um adolescente.

Durante pesquisa nominal, os policiais constataram a existência de um mandado de prisão em desfavor de Jailson que acabou detido. Quando questionado, o acusado afirmou que o Gol era de seu tio e que viajava para Jaci-Paraná para encontrar-se com os primos.

Logo em seguida, o condutor de da S-10  de cor azul, também teve ordem de parada. No momento da abordagem, Douglas Silva de Souza, não soube informar de quem era o veículo, afirmando apenas que iria para Nova Mamoré. A equipe de PRFs recebeu então informação que a camionete que Douglas conduzia tinha acabado de ser roubada em Porto Velho. A Polícia descobriu que o Gol estava dando proteção ao motorista da S-10. na ocasião, todos foram presos. Ao final da ação policial, Douglas Silva, acabou confessando que receberia R$ 5 mil para levar à S-10 até a cidade de Nova Mamoré.

Acionados, os policiais da Delegacia Especializada em Repressão à Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), conduzidos pelos Delegados da Polícia Civil, Alessandro Morey e Glauco de Paula, deram continuidade às investigações e diligências para encontrar a vítima e prender o restante do bando.

As primeiras informações davam conta que um menor e Joab da Silva Montenegro levaram a vítima para a estrada do Anel Viário. Várias diligências foram realizadas, mas nada foi encontrado. Pouco tempo depois, a vítima apareceu na delegacia informando que conseguiu fugir e pediu socorro.

Os policiais seguiram com as diligências em busca dos demais integrantes do bando. Já no bairro Mariana, os policiais encontraram um integrante e este informou o endereço de Joab da Silva. Os dois acusados mantiveram a vítima presa no início do roubo, enquanto os demais integrantes do grupo seguiam para a BR-364. Com Joab da Silva os agentes da Delegacia Especializada ainda encontraram uma motocicleta Honda XRE 300, utilizada também na abordagem da vítima. Todos foram conduzidos até a Delegacia para os procedimentos legais em seguida, encaminhados ao Sistema Prisional local onde aguardam a manifestação da Justiça.

Veículo utilizado pelo grupo criminoso

 

Caminhonete S-10 recuperada pela Polícia

Fonte: Com informações do rondoniagora.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *