Balanço da PC mostra grande avanço em prisões, apreensões de drogas e elucidação de crimes

A Polícia Judiciária Civil de Rondônia divulgou, nesta sexta-feira (3), o balanço das ações de combate ao crime desenvolvidas no Estado em 2019. Em uma coletiva de imprensa, o diretor geral, Samir Fouad Abboud, destacou os números de elucidação dos crimes de homicídio na Capital, que chegaram a 76%, considerado excelente a nível nacional.

Somente ano passado foram realizadas 102 operações, todas com êxito, 20.338 inquéritos instaurados em todos os tipos de crime, e desses, 13.575 foram concluídos com autoria. A taxa de elucidação de todos os crimes chegou a 66,58%. Foram instaurados 2.385 atos infracionais, destes atos 1.907 tiveram a autoria definida.

Ainda de acordo com os dados, 531 menores foram apreendidos em flagrante delito, mais de duas toneladas de drogas apreendidas e cerca de 2.027 armas apreendidas durante as ações da Polícia Civil.

Para o diretor geral Samir, o resultado positivo nas ações da Polícia Civil se deve à dedicação dos policiais. “Nós temos um número pequeno de policiais, mas mesmo assim a gente consegue dar uma resposta rápida e positiva para a população. Esperamos que 2020 seja um ano tranquilo, com menor criminalidade, que é o que todos nós queremos na sociedade”, disse ele.

Acerca do número de menores apreendidos em flagrante delito e inquéritos instaurados, o diretor geral disse que o resultado é graças ao empenho dos policiais da Delegacia de Atos Infracionais (DEAI). “Realmente, é um número muito grande para a Capital. Temos policiais atuando em combate a essas infrações, mas deveria ter uma atuação da parte educacional do Estado, porque esses menores devem ser melhor acolhidos pelo lazer, esporte e educação, e, quando isso falha, a Polícia entra, por isso tem o número expressivo”, esclareceu Samir Fouad Abboud.

Outro número considerado alto foi referente às apreensões de drogas, que segundo Samir Fouad Abboud, contou com o trabalho em conjunto com o Ministério Público e Polícia Militar. “Foi um número elevado de apreensões, isso se deve as operações e uma parte dessa apreensão, a Polícia Civil trabalhou em conjunto com o MP e PM, para chegarmos a esse resultado”, ressaltou o diretor geral.

O delegado destacou, ainda, a atuação positiva dos policiais civis coordenados pela delegada Keity Mota, que atuam na Operação Horús, deflagrada na região da Ponta do Abunã, no combate ao tráfico de drogas e na identificação e prisão de homicidas. “A missão foi passada, ela escolheu sua equipe e passou a trabalhar na região, levando mais tranquilidade para a população que mora na localidade. Mesmo com o efetivo pequeno, nós trabalhamos fortemente em prol da sociedade”, disse Samir.

A participação da população no ano de 2019 ajudou a Polícia chegar nos autores de diversos crimes cometidos. “Nós agradecemos a participação da população nas denúncias, que sempre nos ajudam na elucidação dos crimes ocorridos no estado. Pedimos que a população continue nos ajudando, para que possamos ter um ano com índices menores de crimes”, finalizou o diretor geral.

Fonte: https://www.rondoniagora.com/policia/balanco-da-policia-mostra-grande-avanco-em-prisoes-apreensoes-de-drogas-e-elucidacao-de-crimes?fbclid=IwAR1t6b_TwgCZ-nTkB_DlnJEYFxBGXA2tNaWXp4_wbDVN-d1QS7MHCCEEZA0