Polícia desvenda assassinato de ex-servidor da Prefeitura

Investigadores da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de Porto Velho esclareceram o crime de latrocínio praticado contra o servidor público Udermicon de Moura, 41 anos, que era lotado na Secretaria de Saúde de Porto Velho, encontrado morto na manhã do dia 8 de novembro de 2019, em um terreno baldio, localizado na Rua Açaí com a Estrada dos Japoneses. Dois adolescentes de 15 e 16 anos participaram do crime juntamente com Marcos de Oliveira Rodrigues, de 26 anos, que está foragido.

Os policiais apuraram que o crime ocorreu na noite do dia 7 de novembro, mas o corpo só foi encontrado no dia seguinte. O carro também foi encontrado abandonado na mesma região.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Marcelo Resem, no dia do crime, Udermicon, que estava em um veículo Chevrolet Prisma, abordou os três criminosos que estavam caminhando nas proximidades da BR-364 e os convidou para um programa sexual. “O adolescente de 15 anos e Marcos aceitaram o convite e a vítima os levou para o local onde ela foi encontrada morta. Já o menor de 16 anos, não aceitou participar do ato e ficou nas proximidades do local aguardando os dois comparsas”, esclareceu o delegado.

Ainda segundo o delegado, a vítima morreu porque após o ato sexual, não quis pagar o valor combinado. “Marcos e o adolescente de 15 anos começaram a discutir com a vítima e em seguida iniciaram as agressões com socos e chutes. Eles deram uma gravata na vítima, ela desmaiou e os depois continuaram a espancar Udermicon até a morte”, detalhou Marcelo Resem.

Após matar o funcionário público, os três saíram do local no carro da vítima e furtaram vários pertences que estavam dentro do veículo, inclusive o aparelho celular de Udermicon, que foi vendido pelo adolescente de 16 anos e localizado pela Polícia.

Foi apurado ainda que após o roubo, Marcos que estava dirigindo o carro, abandonou o veículo às margens da BR-364 e fugiu. Para sair do local, os dois adolescentes fugiram para o residencial Orgulho do Madeira, onde passaram a ingerir bebida alcoólica durante a madrugada. Ao amanhecer, eles abandonaram o veículo onde Marcos havia deixado.

A Polícia informou ainda que a vítima não conhecia os bandidos e no dia do crime nenhum dois três envolvidos na morte estavam sob efeito de drogas.

A partir de identificação, o delegado Marcelo Resem representou pela prisão preventiva de Marcos de Oliveira Rodrigues e a internação dos dois menores. A justiça autorizou, e os policiais conseguiram localizar e encaminhar os adolescentes para a Unidade de Internação Masculina. “Os dois confessaram o crime e apontaram Marcos como o autor do assassinato, juntamente com o menor de 15 anos”, disse o delegado.

Agora, a Polícia pede ajuda da população para localizar e prender o foragido Marcos de Oliveira. Qualquer informação pode ser repassada através do 197 da Polícia Civil. Não precisa se identificar.

Fonte: https://www.rondoniagora.com/policia/policia-desvenda-assassinato-de-ex-servidor-da-prefeitura