MACHADINHO: DEFLAGRA OPERAÇÃO TABAJARA

Polícia Civil de Machadinho do Oeste continua com a operação Tabajara e prende suspeito por porte ilegal de arma

Na manhã desta terça-feira (19/08) a Polícia Civil de Machadinho do Oeste/RO iniciou a operação Tabajara logrando êxito em esclarecer o homicídio de Jonas dos Santos Oliveira, 30 anos, morto com três tiros no domingo (10/08).

Em continuidade às investigações os policiais da 1ª DP daquele município realizaram diligências no distrito de Tabajara, onde levantaram que o nacional Eleomar José M., conhecido como “Pica-Pau”, 56 anos, estava em companhia da vítima Jonas no dia do crime e que o mesmo também estaria armado com arma de fogo.

Diante da referida informação os agentes localizaram Eleomar e questionaram sobre o homicídio em tela e sobre as armas. Imediatamente, este informou aos policiais que o revólver .38 estava do lado de fora de sua residência, dentro de um cano PVC e que a carabina estava do outro lado do Rio Machado, próximo à cachoeira II de novembro.

As armas foram apreendidas e Eleomar recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma de fogo. Em seguida foi conduzido à delegacia e entregue à autoridade policial. Durante o interrogatório confessou que realmente estava com a vítima Jonas no dia do homicídio.

Ele relata, ainda, que Jonas o procurou dizendo que dois indivíduos o estariam procurando, por isso queria localizá-los. Jonas o informou que esses homens teriam chegado à Vila Tabajara e perguntado onde poderiam encontrá-lo. Então saíram em busca dos mesmos.

Em determinado momento os encontraram, mas estes rapidamente sacaram suas armas e atiraram contra Jonas e Eliomar, os quais revidaram aos tiros, fazendo com que os indivíduos abandonassem a moto em que estavam e fugissem a pé. Jonas levou três tiros e veio a óbito no local.

A Polícia Civil de Machadinho do Oeste parabeniza os investigadores daquela delegacia, que apesar do pouco efetivo trabalham incansavelmente para esclarecer os crimes daquela região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *