URUPÁ: PC E PM RECUPERAM OBJETOS

Polícias Civil e Militar de Urupá recuperam objetos furtados

Na sexta-feira (15/08/14) as Polícias Civil e Militar, de Urupá/RO, recuperaram alguns objetos furtados, onde o suposto assaltante confessou diante da autoridade policial ter sido o autor dos furtos.

Na noite dia de quinta-feira (14/08) ocorreram vários furtos, fato este que fez com que a Polícia Militar fosse acionada e durante as diligências lograssem êxito em encontrar o nacional  Lucas M.M. com um notebook, que era objeto de um dos referidos delitos.

Diante dos fatos a PM apresentou o acusado juntamente com o objeto na Delegacia de Polícia Civil. Incontinenti, uma equipe de policiais civis deu continuidade às investigações.

Após o interrogatório do suspeito, a polícia civil se deslocou à uma residência  no bairro Alto Alegre, em companhia de Lucas e encontrou vários objetos de procedência duvidosa, tais como: celulares, lanterna, canivetes, pen drive, amostras de perfumes, um porta CD com vários CD’s, um HD externo de marca Touch, um HD externo de marca Sansung, um relógio de marca Diesel, um carregado universal da marca LCD na cor laranja e branco e uma câmera digital.

Em seguida retornaram à delegacia, onde Lucas confessou ter furtado os referidos objetos. A autoridade policial o indiciou por furto. Caso alguma vítima reconheça os objetos descritos acima, poderá comparecer à referida delegacia, na ocasião, deverá apresentar a ocorrência registrada ou nota fiscal que comprovem a titularidade do produto.

Em continuidade às investigações os policiais civis recuperaram na posse de Rossevelt R.F. e Luiz Carlos de F. uma televisão LCD, de 32 polegadas, marca Panasonic, que havia sido furtada. Diante dos fatos estes suspeitos foram conduzidos à delegacia e apresentados à autoridade policial. Durante interrogatório confessaram o delito, sendo então, indiciados pelo crime de furto. A vítima da televisão já foi localizada e teve seu objeto restituído.

A foto dos suspeitos está sendo divulgada por interesse público visando esclarecer outros supostos crimes. Qualquer informação poderá ser passada pelo número 197 (Disque-Denúncia da Polícia Civil).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *