URUPÁ: FALSO MÉDICO É DESMASCARADO

Polícia Civil de Urupá esclarece caso de falso farmacêutico

Uma equipe de policiais civis da Delegacia Urupá/RO, comandadas pelo delegado Ronaldo Carvalho Campos, elucidou na sexta-feira (29/05) mais um crime praticado naquele município. O suspeito G.A.S. se passava por farmacêutico, praticando, assim, o crime de “Exercício Irregular da Profissão”.

Os policiais de Urupá receberam a informação das cidades de Presidente Médici/RO e São Miguel do Guaporé/RO, onde o suposto infrator trabalhava como moto-taxista, de que, possivelmente, ele estivesse exercendo irregularmente a profissão de farmacêutico. Diante das informações a equipe começou a diligenciar a fim de elucidar tal fato e, após colhidas informações confirmou-se que o mesmo jamais esteve matriculado na Universidade Rio Verde-GO (UNIRV), onde supostamente havia concluído o curso de nível superior de Farmácia.

Diante dos fatos, naquela sexta-feira (29), a equipe se dirigiu à Farmácia Goiás, onde o suposto infrator exercia a falsa atividade de farmacêutico, encontrando-o em pleno gozo da referida profissão. Ao ser indagado pelos policiais, o indigitado apresentou sua Carteira de Registro Profissional (CRF) de número 3043.

Ele apresentou, ainda, uma declaração do Conselho Regional de Farmácia do Estado de Rondônia, na qual constava que o mesmo estaria apto a exercer suas funções e, assim sendo, aquela equipe entrou em contato com o Conselho Regional de Farmácia, onde foram informados que havia suspeitas a cerca da autenticidade do diploma de nível superior do suspeito, pois este estava confeccionado em papel de folha sulfite, sem possuir qualquer marca de autenticidade.

Em seguida G.A.S. foi encaminhado à delegacia e apresentado ao delegado Ronaldo Carvalho Campos, que após o interrogatório tomou as devidas providências. Qualquer informação sobre o mesmo poderá ser passada ao Disque-Denúncia da Polícia Civil, através do número 197.

Fonte: ASCOM/PC/RO