DENARC INCINERA MAIS DE UMA TONELA

Polícia Civil, através do Denarc, incinera mais de uma tonelada de drogas em Rondônia

Cerca de 1.100 quilos de drogas, sendo 80% de maconha, 160 comprimidos de ecstasy, porções de cocaína, oxi e 20 quilos de produtos químicos foram incinerados na manhã desta quinta-feira (01) em uma cerâmica de Porto Velho, situada na Estrada 13 de setembro.

Esta é a primeira incineração de drogas do ano. O material estava apreendido no Departamento de Narcótico (Denarc) e foi levado sob forte esquema de segurança. Até o mês de setembro, a Polícia Civil prendeu 153 traficantes.

Segundo o diretor do Denarc, delegado Hélio Teixeira Lopes Filho, as apreensões foram feitas pelas Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal. Todo o material é encaminhado para a delegacia, que fica responsável pela incineração.

“Para realizar o transporte desse material, foi organizado um forte esquema policial com 45 homens. A operação contou com agentes da Polícia Civil e apoio da Polícia Rodoviária Federal”, informou.

Para que o processo de incineração ocorra, explica o delegado, é preciso uma ordem judicial. O perito ainda colhe pequenas amostras para ter a contra prova que fica sobre poder da perícia para apresentação no inquérito posteriormente, se necessário conforme a solicitação da justiça.

O secretário Adjunto, coronel da PM César Adilson Pinheiro, destacou que o sucesso das apreensões se deve a integração das forças de segurança. “A incineração das drogas demonstra um resultado positivo do trabalho de investigação e dedicação dos nossos policiais na repressão ao tráfico de entorpecentes. Podemos constatar que foram mais de uma tonelada de drogas, e com a dedicação de nossas equipes ainda este ano mais apreensões serão realizadas”, salientou.

Ele destacou, ainda, a importância do trabalho de integração entre as forças de segurança, que através do setor de inteligência vem desenvolvendo um trabalho eficiente numa cobertura ainda maior. A integração das polícias é um dos eixos da secretaria.

“As drogas são sem dúvida o principal fomentador dos crimes como roubo, furto e homicídio. Nossos policiais estão de parabéns, pois com esse trabalho estamos evitando que mais famílias sejam penalizadas”, finalizou Adilson.

Fonte
Texto: Márcia Martins
Fotos: Arian Oliveira
Secom – Governo de Rondônia