Acusado de distribuí notas falsas em Urupá é preso em ação conjunta da PC e PF

Na manhã da última quarta feira (26/04), uma equipe da Polícia Federal juntamente com integrantes da Polícia Civil de Urupá/RO realizaram o cumprimento do Mandado de Busca e Apreensão em uma residência localizada na rua Maracatiara, bairro Santíssima Trindade, em Urupá-RO. Durante a ação policial, as equipes efetuaram a prisão de Osmario Bispo de Oliveira, 21 anos, acusado de praticar o crime previsto no Artigo 289 do Código Penal Brasileiro.

De acordo com informações policiais, após algumas semanas de investigação, a polícia identificou elementos que estariam distribuindo notas falsas em Urupá e cidades vizinhas. A Polícia Civil de Urupá em conjunto com a Polícia Federal, iniciaram o trabalho para chegar até os responsáveis pelos crimes. Diante de informações, a polícia solicitou ao Judiciário a prisão preventiva de um dos integrantes do grupo criminoso, residente em Urupá. Durante o cumprimento do mandado, a Polícia encontrou uma grande quantidade de notas falas, que possivelmente iriam ser trocadas ou repassadas no comércio da região.

Ainda de acordo com a Polícia, o trabalho de investigação irá continuar com o objetivo de identificar e prender outros integrantes do grupo criminoso, para que estes sejam devidamente responsabilizados pelos crimes cometidos.

O Código Penal Brasileiro prevê que falsificar, fabricar ou alterar moeda metálica ou papel moeda de curso legal no País ou no estrangeiro é Crime previsto no Artigo 289 do CPB. A pena varia entre três a 12 anos de prisão e multa. Estará sujeito à mesma pena quem importar ou exportar, adquirir, vender, trocar, ceder, emprestar, guardar ou introduzir na circulação moeda falsa. Mesmo tendo recebido de boa fé, comete crime, com pena prevista de seis meses a dois anos de prisão e multa, quem a recebe e a mantém em circulação, repassando a outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *