Polícia Civil e Militar realizam apreensão de drogas sintéticas em Ji-Paraná

IMAGEM ILUSTRATIVA

O trabalho conjunto entre a Polícia Civil do Estado de Rondônia e Polícia Militar garantiu a apreensão de 21 micro-selos de LSD, dois (02) comprimidos de Ecstasy, certa quantidade de Cocaína e Maconha. Os entorpecentes avaliado em mais de R$ 1.000, foram encontrados com um casal de namorados que assumiram a propriedade dos produtos e a comercialização destes. Diante dos fatos, foram conduzidos até a Delegacia para os procedimentos legais.

De acordo com informações policiais, é a primeira apreensão de drogas sintéticas na região de Ji-Paraná. A droga estava escondida em um apartamento, localizado na Rua São Paulo, entre as Ruas T-04 e T-05, no bairro Nova Brasília, 2º Distrito de Ji-Paraná. O inquilino identificado como Wanderson Krisley Soares Ciechorskio, de 20 anos, popularmente conhecido como “Doceiro”, e sua namorada, Samara Mendes de Melo, de 19 anos, conhecida como “Alerquina”, afirmaram que utilizavam as redes sociais para realizar a comercialização dos produtos.

É importante ressaltar que as drogas sintéticas são substâncias ou misturas criadas em laboratório com o objetivo de promover efeitos semelhantes aos das drogas obtidas naturalmente, ou seja, afeta diretamente as ações do sistema nervoso. Estes entorpecentes geralmente são encontrados em festas  com músicas eletrônicas, as famosas “Raves”,  e por ter um tamanho praticamente minúsculo pode ser facilmente escondida, o que dificulta o trabalho da polícia.

A Polícia informou ainda que as drogas sintéticas tem um custo alto, por isso, são comercializadas para usuários de classe média/alta em boates e baladas noturnas do município de Ji-Paraná.