Polícia Civil trabalha no combate à criminalidade em Guajará-Mirim

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio dos servidores de Guajará-Mirim, tem trabalhado diuturnamente no combate à criminalidade na região do município citado acima. O Serviço de Captura e Investigação, com apoio da Divisão de Homicídios (DH) ambos da Polícia Civil, logo após tomarem conhecimento da tentativa de assalto a um motociclista ocorrido no Bairro de Fátima, na noite da última quinta-feira (20/07), inclusive registrando troca de tiros entre os criminosos e a vítima chamado de Fábio, conseguiu identificar e prender os acusados na semana passada. Vale ressaltar que durante a troca de tiros a senhora Julia da Silva Tiburcio, foi atingida e veio a óbito, já Fábio (vítima do assalto) também foi atingido, mais foi hospitalizado e encaminhado ao Hospital João Paulo II, nesta Capital. No dia dos fatos, o suspeito de participar da ação criminosa junto com outro elemento conhecido como, Osvanildo, vulgo “Bito”, de 22 anos, também foi baleado e encaminhado ao Hospital Regional, na ocasião, foi flagranteado e indiciado pelo Delegado plantonista por latrocínio tentado.

Diante dos fatos. a Polícia Civil continuou o trabalho investigativo e em diligências realizadas identificou o parceiro de “Bito” e, na oportunidade, na tarde de sexta-feira (21/07), prendeu o individuo. De acordo com a Polícia, o acusado deu apoio ao crime, quando conduziu o veiculo que foi apreendido, levando os dois assaltantes até a residência da vítima, para efetivar a ação criminosa. O veiculo Fox foi apreendido e o individuo popularmente conhecido por “Bradock”, foi flagranteado também por roubo qualificado e pelo uso de arma de fogo, além do concurso de pessoas, este, foi encaminhado ao Presídio local.

Motocicleta furtada

Durante as investigações, foi recuperado também pela Polícia Civil, uma motocicleta Honda, modelo Biz, cor rosa, que foi furtada na noite de quinta-feira (20/07), de uma residência localizada no bairro de Fátima. O autor do crime, um adolescente em conflito com a lei, este foi conduzido para a Delegacia, assim como, o receptador que ia cruzar o veículo para a Bolívia, o boliviano identificado como Jhon Jairo. Este último, foi preso por receptação e encaminhado ao Presídio de Guajará-Mirim.

“O trabalho de retirar de circulação esses elementos que tiram a paz da comunidade, praticando furtos e roubos de motos em residências ou por assaltos em vias publicas irá continuar com firmeza, identificando e prendendo esses criminosos para que sejam punidos pela justiça”, disse o Policial.

O Delegado titular da Policia Civil de Guajará-Mirim, Lawrence Kichileski Lachi, disse que o trabalho da Polícia Civil para combater crimes no Município, vai continuar dia e noite, e com o apoio da Policia Militar inclusive com operações surpresas nos bairros a procura desses meliantes que cometem crimes contra a população diariamente. “A Policia Civil não vai descansar enquanto a paz pública não retornar à comunidade”, finaliza o Delegado.

Fonte: ASCOM/PCRO  com informações do site Portal Guajará.