Polícia Civil elucida “latrocínio” e prende dupla que executou casal de idosos na Capital

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio da Delegacia Especializada em Repressão a Furtos, Roubos, Extorsões, Sequestro, Estelionatos e outras Fraudes (DERFRESEF), popularmente conhecida como Delegacia de Patrimônio, elucidou em uma semana o crime de latrocínio realizado contra um casal de idosos no último dia 14 do corrente mês. De acordo com informações policiais, o casal de idosos identificados como Júlio Ribeiro (66 anos), e Raimunda Bricio Rodrigues (66 anos), foram executados com disparos de arma de fogo em uma residência localizada no Km 12, da BR-364, Gleba Rio das Garças, na Zona Rural de Porto Velho. Gabriel Passos de Souza (21 anos), vulgo “Gordo” e Paulo Rangel Souza Bezzerra (22 anos), foram identificados pela Polícia Civil como os autores do crime. Vale ressaltar que a dupla possuí várias passagens pela polícia por diversos crimes.

Segundo o Delegado da Polícia Civil, José Marcos, a investigação aponta que os acusados passaram a tarde escondidos em um matagal próximo à residência das vítimas e início da noite, chegaram ao local pedindo água. “No depoimento foi possível identificar que a dupla estava escondida em um matagal desde as 16 horas da segunda-feira (14/08), e às 18 horas, eles foram até o comércio do idoso e pediram um copo de água e, em seguida, iniciaram uma conversa com o comerciante. Durante a conversa, o idoso disse que conhecia Gabriel, foi quando ele anunciou o assalto e levou as vítimas para dentro da residência junto com seu comparsa. A dupla recolheu vários objetos da residência e do comercio e antes de partirem, executaram o casal”, revela o Delegado.

José Marcos disse ainda que a decisão de ceifar a vida das vítimas foi motivada porque um dos criminosos foi reconhecido durante a ação. “Deitados no chão, Júlio Ribeiro foi alvejado com quatro disparos de arma de fogo e Raimunda Rodrigues com três. Além de vários objetos, a dupla levou uma motocicleta da vítima”, explicou.

Paulo Rangel Souza Bezzerra encontra-se recolhido no Sistema Penitenciário local onde aguarda a manifestação da Justiça. Já Gabriel Passos de Souza, encontra-se hospitalizado no João Paulo II porque foi vítima de uma tentativa de homicídio na última quinta-feira (17/08).

O Delegado da Polícia Civil e Diretor do Departamento de Polícia Especializada (DPE), Raimundo Mendes, afirma que mais uma vez a Polícia Civil cumpriu seu papel com eficiência e hombridade. “Aproveito a oportunidade para parabenizar os servidores desta Instituição de Segurança Pública pelo empenho e dedicação com sua profissão, assim como, agradeço a colaboração da população na elucidação de mais um caso”, disse Mendes.

A Polícia Civil do Estado de Rondônia disponibiliza o número 197 para todo cidadão que deseja realizar denúncias sobre quaisquer prática criminosa. Vale ressaltar que a denúncia pode ser realizada de forma anônima e sigilosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *